Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 11/08/2017 - 17h13
Postado em Destaques, Meio Ambiente

11/08/2017 17h13 - Postado em Destaques, Meio Ambiente

Adesão ao Prosolo termina dia 29

Com anuência, produtor ganha um ano para apresentar projeto de conservação de solo e água em sua propriedade

O prazo de adesão ao Programa Integrado de Conservação de Solo e Água do Paraná (Prosolo) está na reta final. Os produtores podem se inscrever até dia 29 de agosto. A data limite não será prorrogada. Desenvolvido de forma conjunta entre diversas entidades públicas e da iniciativa privada, o objetivo do Prosolo é conservar a água e o solo, principais patrimônios do agricultor, manter a produtividade e as boas safras e, consequentemente, a renda do produtor. De acordo com dados da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), 30% das lavouras do Paraná registram algum processo de erosão.

“Precisamos mitigar os processos erosivos do solo e da degradação dos cursos d’água nos sistemas produtivos para reduzir as perdas econômicas, sociais e ambientais no meio rural paranaense”, destaca o secretário executivo do programa, Werner Hermann Meyer. Desde o final do ano passado, os técnicos envolvidos com o programa têm percorrido o Paraná, participando de eventos do agronegócio, como Dias de Campo e feiras agropecuárias, para detalhar as etapas.

Os produtores que não aderirem ao Prosolo podem ser penalizados, caso tenham áreas degradas em suas propriedades. Confira entrevista com Werner Meyer, com alguns dos principais pontos do programa e como o produtor pode aderir à iniciativa conservacionista.

Quais são as estratégias para atingir os objetivos do Prosolo?
O Prosolo conta com diversas estratégias para ajudar o produtor a conservar a sua propriedade: desenvolvimento de novas pesquisas em conservação de solo e água, capacitação de técnicos, produtores e servidores municipais e a revisão da legislação estadual de conservação de solo e água.

Quem é o público alvo do programa?
Produtores rurais, agrícolas, pecuários ou florestais, pessoa física ou jurídica, dentro do Paraná.

Quem irá se beneficiar?
Todos os cidadãos paranaenses, pois buscamos controlar a erosão do solo e, consequentemente, aumentar a rentabilidade do produtor rural, reduzindo seu custo de produção e diminuindo os impactos ambientais.

Como ocorre o controle da erosão?
Por meio do uso de ferramentas simples de manejo do solo, como a aplicação correta dos princípios do plantio direto, o uso de terraços e/ou plantas de cobertura, entre outros métodos.

Por que o produtor deve aderir ao Prosolo?
O produtor ganha um prazo maior para regularizar sua propriedade. Com a adesão, o agricultor tem até um ano para apresentar o projeto de conservação de solo e água a Emater.

Como o produtor faz a adesão ao Prosolo?
O processo de adesão é simples. O produtor deve procurar um escritório da Emater mais próximo de sua propriedade, com seus documentos pessoais, da propriedade e um ponto de referência. Para cada propriedade deverá ser feito um termo de adesão. O prazo final vai até o dia 29 de agosto, e não será prorrogado.

Título da Postagem: Adesão ao Prosolo termina dia 29

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom