Sistema FAEP/SENAR-PR
Senar PR

Senar PR

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR – Administração Central, foi criado pela Lei Federal nº 8315, de 23 de dezembro de 1991 e regulamentado pelo Decreto nº 566/92, de 10 de junho de 1992, com o objetivo de organizar, administrar e executar no território brasileiro o ensino da formação profissional rural e a promoção social do trabalhador rural.
Em caráter provisório o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional do Estado do Paraná – SENAR-PR, iniciou suas atividades em 1993, através de convênio entre a Confederação Nacional de Agricultura – CNA e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná – FAEP, onde surgiram e se desenvolveram os primeiros programas de cursos.
Desde o início de suas atividades, o SENAR-PR estabeleceu seu programa de trabalho fundamentando-se em alguns princípios estabelecidos em suas Diretrizes de Ação e que permanecem até os dias atuais. São os seguintes estes princípios:

Atingir a grande massa de trabalhadores rurais;
Priorizar a qualificação dos que se encontram em estágios mais atrasados em cada segmento;
Mobilizar todo potencial da sociedade organizada, tais como; sindicatos, cooperativas, estabelecimentos de ensino, pesquisa, fabricantes e distribuidores de insumos, máquinas e equipamentos, órgãos do Governo e entidades privadas, estabelecendo acordos de cooperação para trabalhos conjuntos;
Maximizar os resultados dos recursos financeiros disponíveis, procurando utilizá-los num modelo de gestão de baixos custos fixos, privilegiando as atividades fins;
Ações de formação profissional modulares, com alta capilaridade, propiciando igualdade de oportunidades;
Combinar qualificação com promoção social, de forma a orientar o trabalhador/produtor a tirar o melhor proveito econômico e social de seu trabalho e/ou de sua propriedade.

Baseado nestes princípios, a preocupação do SENAR-PR centrou-se, inicialmente, na figura do trabalhador rural, tanto que o primeiro curso realizado foi o de aplicação de agrotóxicos, mediante parceria com a Andef, visando reduzir os casos de intoxicação e mortes e evitar danos ao meio ambiente pelo uso incorreto de defensivos agrícolas. Paralelamente a este, tendo como parceira a empresa New Holland, foram desenvolvidos os cursos para operadores de tratores e colheitadeiras. As atividades e o rol de cursos promovidos foram então efetivados segundo a demanda do mercado, sendo ano a ano acrescentados novos cursos à sua programação até que o agravamento da crise na agricultura levou o SENAR-PR a redefinir as prioridades. Passou então, a enfatizar cursos voltados para a área de administração rural, não apenas com o intuito de proporcionar aos trabalhadores e produtores rurais melhores instrumentos de gestão, mas também, por uma questão de racionalização operativa, criar a demanda, visando à preparação de mão-de-obra para a maximização de resultados da produção.
Na Promoção Social, visando a melhoria da qualidade de vida da comunidade rural, promove ações como o Programa Agrinho, que se tornou, ao longo dos anos, em um compromisso institucional, face ao seu alcance junto às comunidades. A estratégia básica deste Programa foi centrada no repasse de orientações e conscientização de crianças e jovens sobre temas como saúde, cidadania, meio ambiente, trabalho e consumo, com a certeza que eles disseminam aos seus pais os conhecimentos recebidos.
Toda a execução da programação do SENAR-PR foi centrada na premissa da parceria. Desta maneira desde sua criação, tem firmado convênios com a Federação da Agricultura de Estado do Paraná – FAEP e os Sindicatos Rurais Patronais nos diversos municípios paranaenses, ficando os mesmos responsáveis pela mobilização e inscrição dos participantes, de forma a viabilizar os eventos previstos no planejamento anual.
Mais recentemente, também a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná – FETAEP passou a engajar-se nesse esforço.
Associou-se, assim, a diversas instituições públicas e privadas, bem como, congêneres do Sistema ‘S’, ampliando sua atuação com o objetivo de apoiar a transformação da propriedade rural e com vistas a promover o desenvolvimento social e tecnológico do trabalhador, produtor rural e suas famílias, tendo elegido como pontos prioritários:

Geração de emprego e renda;
Higiene e segurança;
Produtividade;
Qualidade e competitividade;
Cidadania; e
Meio ambiente, intensificando, assim, a oferta de cursos de qualificação e aperfeiçoamento em quase todo o setor agropecuário, com ênfase na área de gestão.

Missão

Desenvolver ações de Formação Profissional e atividades de Promoção Social voltadas para a família rural, contribuindo com sua profissionalização, integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e pleno exercício da cidadania.

Visão

Ser reconhecida como uma Instituição de referência nacional, pelo dinamismo, pela criatividade e qualidade de suas ações de formação
 

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A9734
  • AX4A9729
  • AX4A9724
  • AX4A9704
  • AX4A9708
  • AX4A9695
  • AX4A9699
  • AX4A9685
  • AX4A9691

Boletim no Rádio