Sistema FAEP/SENAR-PR

Banco do Brasil prorroga prazo de operações da pecuária de corte e leite

O Banco do Brasil disponibilizou aos pecuaristas a possibilidade de prorrogar, por um ano ou até dois anos, as operações de custeio com entrada de 20% (leite ou mista) ou 30% (corte). As prorrogações são analisadas “caso a caso”.   No caso dos investimentos, a entrada mínima são os juros acumulados na parcela a prorrogar […]

O Banco do Brasil disponibilizou aos pecuaristas a possibilidade de prorrogar, por um ano ou até dois anos, as operações de custeio com entrada de 20% (leite ou mista) ou 30% (corte). As prorrogações são analisadas “caso a caso”.
 
No caso dos investimentos, a entrada mínima são os juros acumulados na parcela a prorrogar com prazo passando para um ano após o vencimento original do contrato.
 
O sistema de análise será simplificado, sem a necessidade de comprovação de incapacidade de pagamento. O produtor que obter a prorrogação faz um aditivo do contrato e terá que registrar o documento.
 
Em relação às garantias serão mantidas as mesmas do contrato, mas podem ser solicitadas adicionais, conforme o caso.
 
Cabe ressaltar que a prorrogação não é automática. Os interessados devem comparecer às agências do Banco do Brasil onde possuem relacionamento para assinar o pedido de extensão do prazo.

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio