Sistema FAEP/SENAR-PR

Calendário da soja para combater à ferrugem asiática

Períodos de ausência de plantas vivas da oleaginosa estão em duas Portarias da Adapar

A portaria 193/2015 da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) proíbe planta viva de soja no solo, inclusive na beira de estradas, a partir de 15 de maio. De forma complementar, a Portaria 109/2015, da mesma entidade, obriga o chamado Vazio Sanitário, período de 90 dias, entre 15 de junho e 15 de setembro, com ausência total de plantas vivas de soja nos campos do Estado.

As medidas buscam combater a ferrugem asiática, doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, presente em todas as regiões produtoras do país. A doença gera a desfolha precoce da planta, prejudicando a formação e enchimento dos grãos, o que impacta na produtividade. De acordo com dados do Consórcio Antiferrugem, coordenado pela Embrapa, a ferrugem asiática gera perdas superiores a R$ 6 bilhões por safra no Brasil.

“A ferrugem asiática se hospeda nas plantas de soja. Eliminando esse hospedeiro nos períodos indicados pelas portarias, reduzimos de forma significativa à ocorrência da doença no verão”, aponta o engenheiro agrônomo Fernando Aggio, do DTE da FAEP.

Leia a matéria completa aqui.

Carlos Filho

Jornalista do Sistema FAEP/SENAR-PR. Desde 2010 trabalha na cobertura do setor agropecuário (do Paraná, Brasil e mundial). Atualmente integra a equipe de Comunicação do Sistema FAEP/SENAR-PR na produção da revista Boletim Informativo, programas de rádio, vídeos, atualização das redes sociais e demais demandas do setor.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio