Sistema FAEP/SENAR-PR

Em Brasília, caravana do Paraná participa de evento com Bolsonaro

Mais de 350 produtores rurais paranaenses conheceram o documento da CNA com apontamentos para o desenvolvimento do setor agropecuário para os próximos anos

O Paraná marcou presença no Encontro Nacional do Agro, realizado nesta quarta-feira, dia 10, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de diversas autoridades políticas e do meio rural, como o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA), Sérgio Souza; a deputada federal e ex-ministra da agricultura, Tereza Cristina; e o atual ministro da Agricultura, Marcos Montes. Formada por mais de 350 lideranças rurais de todas as regiões do Estado, a caravana paranaense pôde acompanhar o evento na capital federal, que contou com a apresentação do documento “O que esperamos dos próximos governantes”.

O Paraná foi um dos Estados com a maior delegação do Encontro Nacional do Agro, que teve público total de 3,2 mil pessoas. A delegação paranaense contou com a participação de presidentes e diretores de 123 sindicatos rurais, produtores rurais de todos os cantos do Estado e um número significativo de mulheres, principalmente da Comissão Estadual de Mulheres da FAEP.

O presidente Jair Bolsonaro discursa no evento

“Mais uma vez, o Paraná mostrou a sua força de mobilização. Convocamos nossos presidentes e diretores de sindicatos, as mulheres e os produtores rurais que, prontamente, atenderam. Temos uma eleição pela frente e o agro precisa mostrar sua força e suas demandas”, destacou Ágide Meneguette, presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR.

Na sua fala durante o evento, o presidente da República, Jair Bolsonaro, mais uma vez, destacou o trabalho dos produtores rurais e do setor agropecuário para a economia nacional. “O produtor rural do Brasil é quem mais preserva no mundo. Na pandemia, não parou e continuou trabalhando, produzindo alimentos e gerando empregos. O Brasil agradece ao trabalho dos produtores rurais”, destacou Bolsonaro.

Documento

Na abertura do Encontro, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, destacou a necessidade dos próximos políticos, que vão assumir a partir do dia 1ª de janeiro de 2023, realizarem algumas mudanças, para corroborar para o desenvolvimento do setor. “O Brasil precisa se modernizar, o Congresso precisa votar o que o país precisa. Esse processo vai ajudar a construir o Brasil de amanhã, a fazer do Brasil um grande país”, afirmou.

Entre a programação do Encontro estava a apresentação do documento “O que esperamos dos próximos governantes”, pelo diretor técnico da CNA, Bruno Lucchi. O trabalho desenvolvido pela CNA, e que será encaminhado a todas as Federações, tem quatro pilares principais: Segurança Alimentar, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Sustentável. Em cada grande área, há tópicos, como tecnologia, logística, transporte, mercado internacional, reformas política, administrativa e tributária, saúde, educação, emprego, mercado de carbono, economia verde e agroenergia, entre outros.

“Precisamos ter harmonias entre os poderes para que o Brasil evolua. Para que o agro vá bem, o Brasil precisa ir bem”, disse Lucchi.

A cobertura completa do Encontro Nacional do Agro será o destaque da edição 1568 do Boletim Informativo do Sistema FAEP/SENAR-PR, que estará disponível em sua versão digital na quinta-feira (11).

Carlos Filho

Jornalista do Sistema FAEP/SENAR-PR. Desde 2010 trabalha na cobertura do setor agropecuário (do Paraná, Brasil e mundial). Atualmente integra a equipe de Comunicação do Sistema FAEP/SENAR-PR na produção da revista Boletim Informativo, programas de rádio, vídeos, atualização das redes sociais e demais demandas do setor.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX6A0944
  • AX6A0950
  • AX6A0940
  • AX6A0937
  • AX6A0922
  • AX6A0931
  • AX6A0870
  • AX6A0852
  • AX6A0867

Boletim no Rádio