Sistema FAEP/SENAR-PR

Iapar ensina a calcular potencial fertilizante de dejetos de suínos

“Dejeto líquido de suíno como fertilizante orgânico: método simplificado”

Um método para calcular o teor de nitrogênio, fósforo e potássio em dejetos da produção de suínos é tema de um boletim técnico que o Instituo Agronômico do Paraná (Iapar) está lançando no Show Rural, em Cascavel (Oeste do Paraná). “É um processo simples, que o produtor pode adotar facilmente na propriedade”, afirma a pesquisadora Graziela Barbosa.

O Paraná é um dos maiores produtores de carne suína do Brasil, uma atividade que gera dejetos de alto potencial poluente para o solo e cursos de água. A pesquisadora explica que o cálculo é feito com ajuda de um densímetro, um instrumento de laboratório conhecido – é muito parecido com aquele que se vê nas bombas dos postos de combustível – e facilmente encontrado no comércio.A possibilidade de usar dejetos da criação de suínos como fertilizante nas lavouras vem sendo estudada pelo Iapar desde a década de 1980. “O problema é que a falta de uniformidade desses resíduos dificulta a definição de doses economicamente viáveis e seguras para o ambiente”, explica Graziela.

DEMONSTRAÇÃO – Durante o Show Rural, a pesquisadora Graziela Barbosa está fazendo demonstrações práticas sobre a metodologia de cálculo.

Baixe aqui o livro “Dejeto líquido de suíno como fertilizante orgânico: método simplificado”.

DETI

O Departamento de Tecnologia da Informação (Deti) do Sistema FAEP/SENAR-PR, formado por profissionais da área, é responsável pela gestão tecnológica do portal da entidade, desde o design, primando pela experiência do usuário, até suas funcionalidades para navegabilidade.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A0226
  • AX4A0169
  • AX4A0178
  • AX4A0166
  • AX4A0247
  • AX4A0280
  • AX4A0224
  • AX4A0200
  • AX4A0162

Boletim no Rádio