Sistema FAEP/SENAR-PR

Plantio de trigo se aproxima do fim com previsão de colheita recorde

A produção estadual do cereal do pão está estimada em quatro milhões de toneladas, o que seria um novo recorde

Com 88% da área de 1,32 milhão de hectares plantados no Paraná, o trigo segue com expectativas positivas de produção. De acordo com levantamento da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), 96% das lavouras estão em bom estado, enquanto apenas 4% apresentam problemas pontuais, principalmente pelo baixo uso de tecnologia.

Nem mesmo a geada registrada no último dia 16 trouxe perdas para a cultura, pois as lavouras estavam em fase avançada de desenvolvimento. Atualmente 13% da área estão em estágios suscetíveis a perdas por geadas, fenômeno não previsto para os próximos dias. Diante deste cenário positivo, a previsão de produtividade média continua próxima das três toneladas por hectare. E a produção estadual estimada em quatro milhões de toneladas, o que seria um novo recorde.

A área do cereal do pão nesta temporada é 5% menor em relação à temporada passada. Os produtores das regiões Oeste e Sul do estado reduziram a aposta na cultura, enquanto apenas no Norte houve incremento.

Se as coisas estão bem no campo, o mesmo não ocorre na comercialização. Apesar dos triticultores terem recebido em maio média R$ 35,20 por saca de 60 quilos de trigo, os preços voltaram a ficar abaixo dos R$ 34,99/saca neste mês, valor mínimo estipulado para a cultura.

Previsão do tempo

Segundo o Simepar, os meses de julho e agosto serão ligeiramente mais frios que o habitual, com chuvas dentro da média. Em setembro, as temperaturas e as precipitações devem ficar acima da média, devido a chegada do El Niño.

Segundo análise dos técnicos da Seab, apesar deste quadro não significar necessariamente prejuízos, as previsões aumentam o risco de perdas por geadas e chuvas na colheita.

5%
da safra paranaense de trigo já foram vendidas de forma antecipada, recorde para o período. Isso mostra a preocupação do setor moageiro que busca garantir bons preços.

Fonte: Gazeta do Povo

André Amorim

Jornalista desde 2002 com passagem por blog, jornal impresso, revistas, e assessoria política e institucional. Desde 2013 acompanhando de perto o agronegócio paranaense, mais recentemente como host habitual do podcast Boletim no Rádio.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio