Sistema FAEP/SENAR-PR

Sistema FAEP/SENAR-PR e Copacol promovem Programa Herdeiros do Campo

Técnicos de campo da cooperativa serão responsáveis pela sensibilização das famílias de associados. Novas turmas devem acontecer a partir de maio

O Programa Herdeiros do Campo, desenvolvido pelo Sistema FAEP/SENAR-PR, entrou definitivamente no radar da Copacol, cooperativa agroindustrial da região Oeste do Estado. No dia 8 de abril, as duas entidades promoveram um evento, na sede da cooperativa, em Cafelândia, para mais de 80 técnicos de campo das cadeias de aves, suínos, peixes, bovinos de leite e grãos para que esses pudessem compreender o formato e as características da capacitação e, posteriormente, fazer a sensibilização entre os cooperados. O objetivo é mobilizar novas turmas a partir de maio.

O consultor do Sistema FAEP/SENAR-PR, Antônio Poloni, responsável por conduzir a apresentação sobre o programa para a equipe técnica da Copacol, apresentou as etapas do Herdeiros do Campo e os principais temas, como planejamento sucessório, governança, visão estratégica, ferramentas de administração, especificidades do setor agropecuário, mediação de conflitos, associativismo, entre outros. Ainda, um dos instrutores do SENAR-PR envolvido com o curso realizou um treinamento para mostrar como os técnicos devem incentivar a participação da família rural.

“Os produtores cooperados têm a necessidade de trabalhar o planejamento da propriedade, que, no Herdeiros do Campo, é permeado pelo tema da sucessão familiar. O programa quebra esse tabu, garantindo segurança e longevidade aos sistemas de gestão e integração”, afirma Poloni.

Segundo a assessora de cooperativismo da Copacol, Elizete Lunelli Dal Molin, o programa será uma oportunidade para oferecer orientação às famílias de forma mais equilibrada e profissional. “É um fator bastante importante quando a gente olha para dentro das propriedades, porque é um assunto que toda família rural, mais cedo ou mais tarde, vai ter que enfrentar. A forma como a sucessão é discutida reflete na contabilidade da própria família e da cooperativa”, ressalta.

Um dos diferenciais do Herdeiros do Campo é o fato de os participantes iniciarem, na prática, a construção de um plano sucessório de sua empresa rural a partir de atividades, interação e análise de situações. Além disso, cada família participante conta com um momento para orientações direcionadas ao seu negócio. Dessa forma, o programa dá o suporte ao planejamento futuro da propriedade, ajudando os familiares a tomarem decisões embasadas.

“As famílias ainda falam pouco sobre o tema sucessão. O conhecimento adquirido com o Programa Herdeiros do Campo vai dar mais segurança para a geração que está no comando e para a próxima que virá, mantendo a sustentabilidade do negócio e planejamento familiar”, diz Elizete.

Programa

Lançado em 2016, o Herdeiros do Campo é um dos destaques do catálogo do SENAR-PR. O propósito do programa é despertar a família rural para o planejamento sucessório em três dimensões: propriedade, família e empresa. O curso possui carga-horária de 46 horas-aula,
quando os participantes têm a oportunidade de conhecer e vivenciar temas diretamente relacionados ao processo de sucessão familiar. Mais informações e inscrições estão
disponíveis no site www.sistemafaep.org.br, na seção Cursos SENAR-PR.

Bruna Fioroni

Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, trabalhou na cobertura do setor agropecuário e comunicação governamental no Mato Grosso do Sul. Tem experiência como social media e com marketing digital. Atualmente trabalha como jornalista no Sistema FAEP/SENAR-PR.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX6A1774
  • AX6A1768
  • AX6A1767
  • AX6A1764
  • AX6A1763
  • AX6A1746
  • AX6A1760
  • AX6A1739
  • AX6A1733

Boletim no Rádio