Sistema FAEP/SENAR-PR

Soja: Mercado inicia a semana trabalhando em campo positivo na Bolsa de Chicago

O mercado recebe hoje duas novas informações importantes: os dados dos embarques semanais de grãos pelos EUA e o avanço do plantio da safra 2015/16 no país

Após as baixas da última sexta-feira (1), o mercado internacional da soja inicia uma nova semana novamente operando em campo positivo na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, nos principais vencimentos, subiam entre 4,25 e 5 pontos, por volta das 7h40 (horário de Brasília). No entanto, somente o contrato maio/15 trabalhava acima dos US$ 9,73 por bushel.

O mercado segue caminhando de lado, ainda buscando definir uma tendência mais bem delineada para as cotações, no entanto, precisa de novidades fortes para isso. Na espera, trabalha com fatores pontuais – principalmente a movimentação de fundos – e com movimentos temporários para os preços.

Nesta segunda, o mercado recebe duas novas informações importantes, sendo uma delas os dados dos embarques semanais de grãos pelos EUA e o avanço do plantio da safra 2015/16 no país. Os dois números serão reportados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Nesta sexta-feira (01), os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago (CBTO) fecharam com perdas consideráveis. Nos principais vencimentos, pode-se observar quedas de dois dígitos, em que o vencimento Maio/15 fechou em US$ 9,68 por bushel, com queda de 10 pontos. Já o Julho/15 encerrou a sessão a US$ 9,64 por bushel, com perdas de 11 pontos.

Em alguns momentos foi possível observar quedas ainda maiores, em que o contrato Maio/15 chegou atingir US$9,64 por bushel e o Julho/15 a US$ 9,61 por bushel. Segundo informações do Analista da Jefferies, Stefan Tomkiw, a bolsa teve um dia calmo pois em alguns países da Europa e também no Brasil o dia foi de feriado. Com isso, não houve compradores e o mercado teve um dia de realização de lucros, após altas registradas no início da semana.

Ainda segundo o analista, as altas registradas anteriormente podem ser consideradas atípicas por haver motivos de pressão para o mercado, como os fatores climáticos e o avanço do plantio nos Estados Unidos, visto que o mercado internacional segue acompanhando as condições e o desenvolvimento das lavouras no Meio-Oeste americano. Além disso, segundo o editor do site Farm Futures, Bob Burgdorfer, a valorização do dólar frente a outras moedas internacionais também levaram os preços à baixa da sessão de hoje.

Fonte: Notícias Agrícolas – 04/05/2015

DETI

O Departamento de Tecnologia da Informação (Deti) do Sistema FAEP/SENAR-PR, formado por profissionais da área, é responsável pela gestão tecnológica do portal da entidade, desde o design, primando pela experiência do usuário, até suas funcionalidades para navegabilidade.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • IMG_7804
  • IMG_7797
  • IMG_7803
  • IMG_7790
  • IMG_7793
  • IMG_7787
  • IMG_7775
  • IMG_7783
  • IMG_7771

Boletim no Rádio