Sistema FAEP/SENAR-PR

Agrohackathon 2022 divulga vencedores da maratona tecnológica

Em transmissão ao vivo realizada nesta quarta-feira (13), equipes autoras dos projetos campeões relacionados à área de seguro rural foram conhecidas

Os campeões da maratona tecnológica Agrohackathon 2022, que nesse ano teve como tema o “Gestão de riscos rurais”, foram conhecidos nesta quarta-feira (13). Em uma transmissão online ao vivo, os participantes da Região Metropolitana de Curitiba e do Oeste do Paraná puderam conhecer as equipes ganhadoras, na seguinte ordem: Easy Fish, Agro Brain e Iagro (veja os nomes dos integrantes de cada time abaixo). Os ganhadores foram contemplados cada um com notebooks (1º lugar), tablets (2º lugar) e cadeiras gamer (3º lugar). A iniciativa do Agrohackathon é do Centro de Economia Aplicada, Cooperação e Inovação (CEA) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), com realização do Sistema FAEP/SENAR-PR e Agrociência Cooperativa.

“Diante dos problemas identificados no campo, esses estudantes e profissionais apresentaram soluções para diversos gargalos que podem prejudicar o bom desenvolvimento de nossos negócios, em diversas etapas da agricultura e da pecuária. Temos certeza que esses projetos vão colaborar muito com o dia a dia do meio rural”, aponta o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

Projetos

O projeto campeão, da equipe Easy Fish, propôs a venda de um elevador móvel para despesca parcial em tanques escavados. A iniciativa promete diminuir a mortalidade de peixes pela técnica de despesca de arrastão e economizar água. Além disso, outro benefício é a redução do estresse no cardume, o fim do trabalho manual e os prejuízos causados pela técnica tradicional que proporciona o sufocamento de parte dos peixes na lama.

A equipe que levou o segundo lugar, Agro Brain, pensou em uma plataforma digital capaz de atender produtores rurais e corretoras. A ideia é disponibilizar aos agropecuaristas a possibilidade de comparar benefícios oferecidos por diferentes companhias de seguro. Ao mesmo tempo, as seguradoras também teriam acesso a um banco de dados com detalhes capazes de facilitara a comercialização de apólices. Interligação com bancos de dados de produção, produtividade, clima, entre outros dados, também fariam parte do sistema.

O time que angariou a terceira posição, Iagro, focou na questão da peritagem, um dos gargalos das seguradoras brasileiras. O projeto foca em resolver questões como ineficiência estratégica, custos com peritos, sazonalidade na demanda e falta de informação. Uma plataforma digital teria a possibilidade de atuar em questões como reeducação de custo, otimização e orientação da estratégia operacional, além de fazer um roadmap de onde estão os peritos. Além disso, a ferramenta prevê a redução de risco jurídico e maior satisfação do cliente.

Jornada dos participantes

A maratona tecnológica é feita anualmente no Paraná para propor soluções diante dos problemas dentro e fora da porteira do campo paranaense. A cada edição, o evento possui um tema. Nesse ano, o evento teve foco na gestão de riscos no setor agropecuário.

O Agrohackaton contou com a participação de mais de 160 estudantes de escolas agrícolas e universidades, além de profissionais de diversas áreas. No total, 97 integraram a frente do Oeste do Paraná (tendo Palotina como referência) e 64 a da Grande Curitiba (tendo a capital como polo). Tudo começou com duas AulasCast (remotas), que abordaram “Processos de Inovação” e “Gestão de Riscos Rurais”, realizadas, respectivamente, nos dias 29 e 31 de março. A intenção foi promover um nivelamento dos estudantes sobre as temáticas envolvendo desenvolvimento de soluções e seguro rural.

Apoio

A edição 2022 do Agrohackathon contou com o apoio da Cooperativa Sicredi Vale do Piquiri, Mapfre Seguradora, BrasilSeg Seguros, Sistema Ocepar, Agência Alemã de Desenvolvimento (GIZ), C Vale, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Secretaria de Agricultura do Estado do Paraná (SEAB), Secretaria da Educação e do Esporte (Seed), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR); Embrapa Agricultura Digital, Sindicato Rural da Lapa, Sindicato Rural de Palotina e Sindicato Rural de Assis Chateaubriand.

Confira os vencedores:

1º lugar – Equipe Easy Fish

  • Josiane Mariane Batista
  • Karina Pereira dos Santos
  • Michele de Oliveira Elias
  • Nathani Cremon
  • Victor Hugo Concolato Neves

2º lugar – Equipe Agrobrain

  • Geovanna Kasemirinski da Silva
  • Maxwell Ripplinger Oliveira
  • Moises Knaut Tokarski
  • Pedro Boareto
  • Renata de Ferreira Bandeira

3º lugar – Equipe Iagro

  • Diego Siedel Bertolini
  • Felipe Messias Priotto
  • Jamile Armstrong Rodrigues
  • Leopoldo Luiz Gubert Filho
  • Lorenzo Mesadri

Antonio Senkovski

Repórter e produtor de conteúdo multimídia. Desde 2016, atua como setorista do setor agropecuário (do Paraná, Brasil e mundial) em veículos de comunicação. Atualmente, faz parte a equipe de Comunicação Social do Sistema FAEP/SENAR-PR. Entre as principais funções desempenhadas estão a elaboração de reportagens para a revista Boletim Informativo; a apresentação de programas de rádio, podcasts, vídeos e lives; a criação de campanhas institucionais multimídia; e assessoria de imprensa.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A4228
  • AX4A4219
  • 04128_LIDERES_2022
  • 08760_LIDERES_2022
  • 04117_LIDERES_2022
  • 04039_LIDERES_2022
  • 04069_LIDERES_2022
  • AX4A4850
  • 03552_LIDERES_2022

Boletim no Rádio