Sistema FAEP/SENAR-PR

Após 17 anos de espera, professora participa da festa do Agrinho

Em 2006, educadora não pôde estar no evento por conta do trabalho de parto de seu primogênito. Agora, filha caçula ganhou prêmio na categoria Redação

Era o ano de 2006 quando a professora Edilaine Stefano Capana recebeu a notícia de que uma de suas alunas, na Apae de Ubiratã, onde trabalhava, tinha ganhado um prêmio no Concurso Agrinho. Apesar da euforia, a educadora não pôde participar do evento de premiação na capital paranaense, pois estava prestes a entrar em trabalho de parto para ter seu primeiro filho, Caio. Porém, 17 anos depois, a sua filha mais nova, Livia Stefano, foi uma das vencedoras da edição 2023, na categoria Redação, e Edilaine, finalmente, teve a chance de participar da cerimônia de encerramento do Agrinho.

Ao receber a notícia da premiação da filha, Edilaine, ao mesmo tempo em que sentiu orgulho de Livia, lembrou da época em que teve que mandar uma representante para Curitiba. Ela guarda até hoje a câmera fotográfica que recebeu como prêmio e uma revista da época, que registrou o feito da docente e sua aluna.

Eu acho tão incrível que um projeto como o Agrinho, que começou tanto tempo atrás, ainda continue gerando resultados à educação dos paranaenses. É gratificante ter participado da história lá atrás e agora, novamente.

Edilaine Stefano Capana, professora premiada em 2006 e mãe da aluna premiada em 2023

A filha Livia levou alguns momentos cotidianos, que vive junto com a mãe, para dentro da sua redação vencedora. Nos fins de tarde, as duas saem de bicicleta para passear e se exercitar pelas ruas de Ubiratã, município na região Noroeste do Paraná. Somado aos temas relacionados à sustentabilidade que a aluna aprende na escola, a redação premiada abordou a importância da cultura do ciclismo para reduzir o uso de combustíveis fósseis.

“Eu acho a bicicleta um meio de transporte que, além de fazer bem ao planeta, também transmite saúde. É algo que eu realmente espero que as pessoas que leiam minha redação coloquem em prática”, aponta a menina de 13 anos.

Junto da mãe e filha, a professora de Livia, Aparecida Torres dos Santos Barroso, também veio para Curitiba. Aliás, naquele longínquo concurso de 2006, Aparecida esteve entre os presentes na festa de premiação.

“O Agrinho é importante para gerar conexões. Dou aula em 11 turmas, e os alunos de todas participaram do Concurso do Agrinho. O mais bacana é que tivemos sete textos da escola entre os vencedores”, orgulha-se a professora.

Antonio Senkovski

Repórter e produtor de conteúdo multimídia. Desde 2016, atua como setorista do setor agropecuário (do Paraná, Brasil e mundial) em veículos de comunicação. Atualmente, faz parte a equipe de Comunicação Social do Sistema FAEP/SENAR-PR. Entre as principais funções desempenhadas estão a elaboração de reportagens para a revista Boletim Informativo; a apresentação de programas de rádio, podcasts, vídeos e lives; a criação de campanhas institucionais multimídia; e assessoria de imprensa.

Comentar

Boletim no Rádio

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

Galeria | Flickr

  • 00655
  • 00654
  • 00653
  • 00652
  • 00651
  • Evento Líderes Rurais. 01/12/2023 Foto: Brunno Covello
  • 00650
  • Evento Líderes Rurais. 01/12/2023 Foto: Brunno Covello
  • Evento Líderes Rurais. 01/12/2023 Foto: Brunno Covello

Boletim no Rádio