Sistema FAEP/SENAR-PR

Colheita passa de 60% e terá novo arranque

Clima firme permite avanço das máquinas. Produtividade tende a sustentar previsões de uma safra volumosa

A colheita brasileira da soja passou da metade com produtividade próxima da estimada logo após o fim das estiagens que afetaram o plantio e o início do desenvolvimento das lavouras. O rendimento por hectare vem se sustentando com o avanço das máquinas, mostram os dados dos principais estados produtores: Paraná e Mato Grosso. E, nos próximos 10 dias, o clima tende a colaborar para um novo arranque, com sol firme ou chuvas esparsas nas principais regiões agrícolas do país, mostram as previsões do Clima Tempo.

Faltando colher 5% dos 8,9 milhões de hectares plantados, Mato Grosso confirma produtividade acima de 52 sacas por hectare. O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) prevê 28 milhões de toneladas, até 1 milhão a mais do que preveem as consultorias privadas e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A colheita permitiu que o estado concluísse o plantio do milho de inverno, cuja área teria ficado em 2,97 milhões de hectares, 8% menor do que a de 2014.

Segundo maior produtor de soja, o Paraná ainda tem 20% para colher e sustenta marca de 55 sacas por hectare, que deve ser a maior desta temporada no país. O plantio do milho está no final e confirma 1,9 milhão de hectares, semelhante a 2014.

Segundo a consultoria França Júnior, a colheita no país chegou a 62% da área plantada. Esse índice está abaixo do registrado nesta época do ano passado (67%) mas acima da média dos últimos cinco anos (59%). A tarefa tem avançando mais de 10 pontos porcentuais por semana. Somente Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) têm mais de 70% das lavouras para colher. O Sudeste e Centro-Oeste concluíram mais de 70% dos trabalhos.

55 sacas por hectare de soja vêm sendo colhidos em média no Paraná, a maior marca do país. Em Mato Grosso, colheitadeiras chegam à reta final com 52 sacas por hectare. Números apontam para safra nacional acima dos 93 milhões de toneladas.

Fonte: Gazeta do Povo

André Amorim

Jornalista desde 2002 com passagem por blog, jornal impresso, revistas, e assessoria política e institucional. Desde 2013 acompanhando de perto o agronegócio paranaense, mais recentemente como host habitual do podcast Boletim no Rádio.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio