Sistema FAEP/SENAR-PR

Com apoio do SENAR-PR, produtora encontra caminho da liderança em Guamiranga

Joceli Borgo, de Guamiranga, deixou as dificuldades na fumicultura para se destacar como líder rural, à frente de associação, conselho municipal e comissão de mulheres

O envolvimento da agricultora Joceli Borgo com a comunidade de Guamiranga, na região Centro-Sul do Paraná, começou em 2014, quando participou de um projeto para diversificação da pequena propriedade, na época, dedicada à fumicultura. Desde então, Joceli passou a trabalhar para fomentar o próprio negócio e a agropecuária da região.

“As coisas estavam bem complicadas, pois nossa renda era limitada. Então vimos que tínhamos potencial para conciliar várias atividades na propriedade. Começamos a fazer reuniões, visitas, conhecer outros produtores no município”, conta.

Na sequência, a produtora diversificou a produção, e investiu em uma agroindústria de bolachas, pães e geleias caseiras. Com isso, passou a conhecer outras fábricas conduzidas por mulheres no município. A partir dessa rede de contatos, surgiu a Associação da Agricultura Familiar de Guamiranga (AAFAG), em 2016, entidade que preside atualmente.

“Com a associação, começamos a vender de porta em porta, na feirinha e para a merenda escolar. Isso exigiu cursos do SENAR-PR, de panificação, de morango, de compotas e doces, para nos aprimorarmos”, diz. Hoje, a AAFAG possui 40 associados, sendo que 70% são mulheres.

Com o trabalho na associação crescendo, a transformação também chegou à propriedade de Joceli. Em 2017, implantou a produção de morangos e, em 2020, a criação de carneiros, parando de vez com a fumicultura. A produção da agroindústria acabou ampliada, para salgados, doces e bolos para festas.

Joceli também possui um negócio dedicado à fabricação de salgados, doces e bolos para festas

Reconhecimento

Porém, em 2021, a AAFAG entrou em um espiral de problemas financeiros, que quase resultaram no seu fechamento. Na época, Joceli se ofereceu para assumir a presidência e dar continuidade ao trabalho. “Pedi uma chance para tentar mais um ano e montamos uma diretoria com maioria de mulheres. Falamos com a secretária de Agricultura [Cristiane Borgo], que já havia trabalhado conosco no projeto da fumicultura. Conseguimos recursos do Estado para tocar a associação”, recorda.

Na presidência, Joceli reformulou a entidade e inscreveu o grupo em diversos projetos, que viabilizavam recursos. “Os produtores começaram a crescer com suas produções. Muitos largaram a fumicultura e ampliaram a produção de verduras e fruticultura. Uma coisa amarrou a outra e conseguimos crescer”, destaca Joceli.

Atualmente, a AAFAG está envolvida com projetos como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Compra Direta Paraná e Mesa Brasil Sesc, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). “O que sobra vendemos de porta em porta, para os vizinhos e mercados. É uma renda boa”, afirma.

Por meio do trabalho na associação, Joceli ganhou reconhecimento no município. Em 2022, ela foi convidada pelo então presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), Alex Gonçalves, para ser a sucessora no cargo. O conselho, com 26 anos de história em Guamiranga, nunca havia tido uma mulher na diretoria ou na presidência.

Eu gosto de trabalhar pelo coletivo, então sinto que estou no lugar certo. Eu apresento minhas ideias e a gente cresce junto.

Joceli Borgo, produtora, empreendedora e líder rural em Guamiranga

beenhere

Destaque feminino

Em 2021, por intermédio da Comissão Estadual de Mulheres da FAEP (CEMF), o Sindicato Rural de Ivaí criou a Comissão de Mulheres de Guamiranga. Joceli também entrou nesse time, sendo uma das sete coordenadoras do grupo. “Eu quero crescer com outras pessoas, principalmente as mulheres”, afirma.

Para compor esse trabalho focado na representatividade, Joceli decidiu participar, neste ano, do curso de Liderança Rural ofertado pelo Sistema FAEP/SENAR-PR. Além de aluna, a produtora também assumiu o papel de mobilizadora, levando mais sete mulheres para a capacitação. O resultado foi uma turma com expressiva participação feminina – de 17
alunos, 15 eram mulheres.

“No curso, eu conheci minha individualidade, minha capacidade de liderar, de confiar nos outros, de saber me comunicar. Eu acredito que se deu certo para mim, também vai dar para mais pessoas”, conclui.

Bruna Fioroni

Jornalista com formação em UX Writing e UX Design. Tem experiência em produção de reportagens e roteiros, criação de conteúdo multimídia, desenvolvimento de estratégias de comunicação e planejamento de campanhas de marketing, com foco na experiência do usuário. Atualmente faz parte da equipe de Comunicação do Sistema FAEP/SENAR-PR.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • IMG_7804
  • IMG_7797
  • IMG_7803
  • IMG_7790
  • IMG_7793
  • IMG_7787
  • IMG_7775
  • IMG_7783
  • IMG_7771

Boletim no Rádio