Sistema FAEP/SENAR-PR

Demanda impulsiona preço da carne suína no Brasil

Com a expectativa de aumento nas vendas para o Dia das Mães, compradores de carne e de animais para abate elevaram a procura por esses produtos

Os preços domésticos da carne suína subiram na parcial de maio. Segundo pesquisadores do Cepea, com a expectativa de aumento nas vendas para o Dia das Mães, compradores de carne e de animais para abate elevaram a procura por esses produtos, impulsionando as cotações. No atacado da Grande São Paulo, a carcaça especial suína se valorizou 3,7% na parcial de maio (até o dia 17), negociada a R$ 6,55/kg nessa quarta-feira, 17. O preço da carcaça comum teve aumento de 3,6% no período, para R$ 6,15/kg. Quanto ao suíno vivo, o preço médio subiu 4,8% em Ponte Nova (MG), de 28 de abril a 17 de maio – nessa quarta, os negócios foram realizados na média de R$ 4,17/kg. Na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), a valorização foi de 1,4%, para R$ 4,11/kg.

Fonte: Cepea

André Amorim

Jornalista desde 2002 com passagem por blog, jornal impresso, revistas, e assessoria política e institucional. Desde 2013 acompanhando de perto o agronegócio paranaense, mais recentemente como host habitual do podcast Boletim no Rádio.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • IMG_7804
  • IMG_7797
  • IMG_7803
  • IMG_7790
  • IMG_7793
  • IMG_7787
  • IMG_7775
  • IMG_7783
  • IMG_7771

Boletim no Rádio