Sistema FAEP/SENAR-PR

FAEP solicita novo Zoneamento Agrícola para mais 11 culturas do Paraná

Metodologia adotada recentemente já será aplicada no milho safrinha e trigo e, em breve, a cana-de-açúcar e a soja

Em 2016, o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) retomou, em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), os estudos de Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc). Com essa ação, as culturas de milho segunda safra e trigo tiveram mudanças no zoneamento. Ainda, a nova metodologia deverá ser aplicada na cana-de-açúcar e soja, conforme informações do Mapa.

No entanto, há culturas no Paraná que não estão contempladas no Zarc. Outras, apesar de inclusas no zoneamento, não têm atualização dos estudos há sete anos. O consórcio milho-braquiária, arroz e algumas espécies frutíferas são exemplos de culturas importantes para a economia do Estado e para a diversificação da propriedade, e que necessitam desse instrumento para garantia de crédito, seguro e Proagro.

Diante da situação, a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP) solicitou, junto ao Mapa, a realização de estudos baseados na nova metodologia para as culturas de consórcio milho-braquiária, arroz de sequeiro, arroz irrigado, cevada, café, ameixa, abacaxi, banana, maracujá, caqui e manga.

Carlos Filho

Jornalista do Sistema FAEP/SENAR-PR. Desde 2010 trabalha na cobertura do setor agropecuário (do Paraná, Brasil e mundial). Atualmente integra a equipe de Comunicação do Sistema FAEP/SENAR-PR na produção da revista Boletim Informativo, programas de rádio, vídeos, atualização das redes sociais e demais demandas do setor.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A9734
  • AX4A9729
  • AX4A9724
  • AX4A9704
  • AX4A9708
  • AX4A9695
  • AX4A9699
  • AX4A9685
  • AX4A9691

Boletim no Rádio