Sistema FAEP/SENAR-PR

FAEP solicita prorrogação da IN 14 para suinocultura

Prazo para adequação às novas regras termina em julho. Produtores independentes precisam de mais tempo para se adaptarem

A Instrução Normativa n.º 14 (IN 14), publicada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em julho de 2016, estabeleceu critérios e procedimentos para a fabricação, comercialização e uso de produtos para alimentação animal com medicamentos de uso veterinário. A normativa abrange as fábricas de ração de suinocultores independentes. A IN 14 deu prazo de um ano, após a sua publicação em Diário Oficial, para as empresas se adequarem às novas regras.

A FAEP solicitou no fim de junho que o Mapa reavalie o prazo para que a IN 14 entre em vigor. Diante da crise enfrentada pela atividade em 2016, muitos produtores não conseguiram se adequar totalmente à normativa. Os recursos financeiros foram utilizados para custeio da atividade impossibilitando que investimentos em infraestrutura e adequações das fábricas fossem realizados. A FAEP entende que prorrogação desta data é fundamental para que os produtores rurais consigam se adequar totalmente à normativa.

Rebanho

O Paraná possui o maior rebanho de suínos do país – 7,1 milhões de cabeças – 17,7% do plantel nacional. A atividade produziu um Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) de R$ 3,2 bilhões em 2015, contribuindo com a economia estadual, gerando empregos diretos e indiretos, além de diversificar a renda nas propriedades rurais em diferentes regiões do Estado.

Felipe Santos

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A9734
  • AX4A9729
  • AX4A9724
  • AX4A9704
  • AX4A9708
  • AX4A9695
  • AX4A9699
  • AX4A9685
  • AX4A9691

Boletim no Rádio