Sistema FAEP/SENAR-PR

Governo pode intervir no abastecimento de milho na região Sul

O Governo Federal vai auxiliar no abastecimento de milho na região Sul do País este ano, caso necessário. A informação foi dada pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, durante reunião na sede da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), em São Paulo, nesta quarta-feira, 12 de junho.

De acordo com Neri Geller, os estoques públicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) podem ser acionados. "É preciso ter equilíbrio. O Governo Federal vai intervir, caso necessário, para viabilizar alternativas de compra do cereal aos produtores de aves e suínos e também à agroindústria", afirmou.

O abastecimento será garantido por meio de leilões de Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) ou de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), visando tanto apoiar a comercialização de milho nos principais estados produtores quanto viabilizar uma alternativa aos produtores para comprarem o cereal.

Para recompor os estoques públicos neste ano, o Governo Federal pretende adquirir 2 milhões de toneladas de milho por meio de contrato de opção, modalidade na qual o produtor pode ou não vender o produto ao Governo em um período pré-determinado. Mais um milhão de toneladas do cereal serão compradas por contrato a termo, onde o produtor é obrigado a entregar o produto para armazéns indicados pela Conab em data futura.

A região Sul já vinha sendo contemplada com leilões públicos do produto. O Nordeste também tem recebido apoio governamental. Por meio da Conab, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) enviou quase 600 mil toneladas do milho, desde o ano passado, para a região de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Fonte: MAPA

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio