Sistema FAEP/SENAR-PR

Instrutora do SENAR-PR vence prêmio nacional

Keli Libardi Ramella foi premiada com vídeo sobre qualidade do leite para cursos na área de bovinocultura leiteira

A instrutora do SENAR-PR Keli Libardi Ramella, de Toledo, no Oeste do Paraná, está entre os dez premiados no 3º Prêmio de Vídeos Educativos para Formação Profissional e Promoção Social, promovido pelo SENAR Nacional. A instrutora, que ministra cursos da entidade paranaense desde 2019, foi escolhida com o vídeo “Qualidade do leite: procedimentos de coleta de amostras”. Os vencedores ganharam um notebook como prêmio.

“Conseguir passar o conhecimento para frente e ver que está sendo aplicado nas propriedades rurais, ver que o que a gente ensina realmente está mudando a vida do produtor, esse é o maior presente, sem dúvidas”, destacou a instrutora do SENAR-PR e médica veterinária.

O concurso do SENAR Nacional analisou os melhores materiais audiovisuais produzidos pelos profissionais e utilizados em sala de aula. A ideia do vídeo veio pela área de atuação profissional da instrutora, que tem foco na qualidade do leite. No SENAR-PR, além deste tema, Keli também ministra o curso de boas práticas na propriedade leiteira.

No material enviado ao concurso, a médica veterinária abordou fatores que interferem na qualidade do leite e como realizar as coletas de amostras que representem a produção do rebanho. “Eu pensei em falar sobre esse tema porque muitos produtores não entendem a necessidade das análises e como fazer. Decidi abordar as relações da produção leiteira e a questão do bem-estar animal, para que os produtores entendessem como isso vai influenciar nos parâmetros de qualidade do leite”, explicou.

Instrutora do SENAR-PR Keli Libardi Ramella

Além de instrutora do SENAR-PR, Keli é professora dos cursos de Medicina Veterinária e Gestão Integrada do Agronegócio da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Apesar de ter experiência com gravação de vídeos pelo cargo de docência no Ensino Superior, foi a primeira vez que ela participou do concurso. Para a instrutora, a experiência no SENAR-PR tem contribuído para aperfeiçoar sua maneira de conduzir as aulas. “Poder fomentar esse aprendizado junto com os produtores, entendendo suas necessidades, muda a visão de como a gente aplica esses conteúdos na prática. O que mais faz a diferença é a base pedagógica, que é bem repassada pelo SENAR-PR, para que os produtores permaneçam engajados e interessados em aprender”, afirmou.

Bruna Fioroni

Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, trabalhou na cobertura do setor agropecuário e comunicação governamental no Mato Grosso do Sul. Tem experiência como social media e com marketing digital. Atualmente trabalha como jornalista no Sistema FAEP/SENAR-PR.

Comentar

Boletim no Rádio

Boletim no Rádio