Sistema FAEP/SENAR-PR

O campo na mira dos bandidos

Cresce a preocupação com assaltos nas propriedades rurais. Conheça algumas experiências de combate ao crime e veja o que você pode fazer para melhorar suas próprias condições

Em janeiro deste ano, dois homens armados e encapuzados invadiram a sede de uma fazenda na zona rural de Arapuã, na região central do Paraná. Amarraram os pés e as mãos do casal de produtores que vivia no local, e fizeram o mesmo com o neto deles, de seis anos. Faziam muitas ameaças e pareciam saber o que queriam, porque pediam insistentemente que entregassem R$ 20 mil. Como não encontraram esse valor, deixaram o local levando uma caminhonete e uma moto.

Cenas de violência como essa já não são mais estranhas às famílias que vivem no campo. Embora não haja dados específicos a respeito de roubos em propriedades rurais, a sensação geral é de que os números andam crescendo. E há o temor de que a crise econômica por que o país passa possa levar a um aumento na quantidade de ocorrências.

O medo de ações levou ao surgimento de diversas iniciativas destinadas a melhorar a segurança no campo. Uma delas ocorrerá na 56ª edição da Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina (ExpoLondrina), marcada para 8 a 10 de abril. Em meio a uma maratona de desenvolvimento de tecnologias para o agronegócio, especialistas da área serão estimulados a trabalhar no desenvolvimento de softwares para a segurança.

A sugestão foi feita à organização do evento pelo chefe de núcleo da Secretaria de Agricultura do Paraná (Seab), Antônio Carlos Barreto, que vê na violência um fator a estimular o êxodo dos produtores. “Como temos contato direto com inúmeros produtores da região, estamos vendo o aumento do número de ocorrências de roubos e furtos com atos de violência na área rural. O produtor não pode ficar sozinho, se ele sair do campo quem vai continuar produzindo comida?”, questiona.

Leia a matéria completa, clique aqui

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio