Sistema FAEP/SENAR-PR

PAP 2016/17: governo desaponta produtores com aumento nos juros

Ouça a entrevista com o economista Pedro Loyola, coordenador do DTE da FAEP

O anúncio afobado do Plano Safra 2016/17 na última quarta-feira, em Brasília, foi visto com decepção por lideranças do setor. Não foi anunciada nenhuma nova linha de crédito, com aumento generalizado das taxas de juros e o governo também ficou devendo quando se trata das políticas de gestão de riscos da agropecuária.

Programas importantes como para a construção de armazéns, por exemplo, que já tinha uma taxa alta de juros de 7,5%, agora passou para 8,5%. “O valor praticamente inviabiliza a contratação dessa linha crédito”, observa Pedro Loyola, coordenador do Departamento Técnico Econômico (DTE) da FAEP. Por outro lado, o volume de recursos de R$ 202, 88 bilhões foi considerado positivo pelo setor.

Ouça a entrevista

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio