Sistema FAEP/SENAR-PR

Safra de milho no Brasil deve recuar 8,3%

O Brasil poderá colher 75,2 milhões de toneladas de milho durante a safra 2013/2014, abaixo do recorde registrado na safra 2012/2013, disse a consultoria Safras & Mercado.

A estimativa representa uma queda de 8,3% ante a safra 12/13, que foi estimada em 82 milhões de toneladas pela consultoria.

A área na temporada que está começando deverá ter um recuo de 6,1 por cento, estimou a Safra, chegando a 14,2 milhões de hectares.

O Brasil costuma colher duas safras de milho por temporada, uma no verão e outra no inverno, dependendo das condições climáticas e dos métodos de cultivo utilizados em diferentes estados.

A Safras estima produção de 28 milhões de toneladas na safra de verão, quase cinco milhões de toneladas abaixo do volume registrado em 2012/13.

“A menor produção leva em conta o recuo na área cultivada, de 15,3 por cento”, disse o analista Paulo Molinari, em nota.

A safra de inverno, também chamada de “safrinha” deverá alcançar 41,4 milhões de toneladas em 2013/14, abaixo dos 45,2 milhões de toneladas registradas na temporada anterior, com redução de área de 6,4 por cento.

A maior produção de milho safrinha deverá ser novamente registrada em Mato Grosso, com colheita de 16,6 milhões de toneladas, seguido pelo Paraná, com 11,6 milhões de toneladas.

Após a safra recorde colhida recentemente, os preços do milho despencaram no mercado brasileiro ao longo de 2013, desestimulando o plantio do cereal na nova safra.

Fonte: DCI

DETI

O Departamento de Tecnologia da Informação (Deti) do Sistema FAEP/SENAR-PR, formado por profissionais da área, é responsável pela gestão tecnológica do portal da entidade, desde o design, primando pela experiência do usuário, até suas funcionalidades para navegabilidade.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • AX4A2022
  • AX4A2020
  • AX4A2016
  • AX4A2014
  • AX4A2015
  • AX4A2010
  • AX4A2011
  • AX4A2008
  • AX6A2625

Boletim no Rádio