Sistema FAEP/SENAR-PR

Valor da produção agrícola deve subir

O valor bruto da produção (VBP) das 20 principais lavouras do país deverá somar R$ 216,2 bilhões em 2012, segundo projeção divulgada ontem pelo Ministério da Agricultura. O novo número é R$ 3,9 bilhões superior à previsão anterior do ministério, divulgada em dezembro. Se confirmado, o resultado será 5% superior ao de 2011 (R$ 205,9 bilhões) e representará um novo recorde.

Mesmo com as revisões para baixo efetuadas pela Conab para a produção de soja e milho, por causa da seca no Sul provocada pelo fenômeno climático La Niña, as projeções para os VBPs de ambos os grãos são de aumento, sobretudo em virtude do efeito das quebras de safras sobre os preços domésticos e internacionais.

No caso da soja, carro-chefe do agronegócio brasileiro, o VBP deverá crescer 2,3% e alcançar R$ 55 bilhões, também um novo recorde; no do milho, a alta prevista é de 16,6%, para R$ 28,4 bilhões. O VBP do milho voltará a ficar abaixo do da cana. Para a cultura, o ministério estima R$ 38,1 bilhões, um aumento de 13,9% e outra marca recorde.

Mas são muitas as incertezas que ainda cercam os grãos, e por isso as projeções podem mudar. Houve chuvas recentemente em regiões que vinham sendo bastante prejudicadas pela estiagem no Rio Grande do Sul, mas para que as lavouras afetadas possam se recuperar, é preciso chover mais, e as previsões climáticas indicam o contrário.

Na Argentina, onde plantações de soja e milho também sofrem com a seca causada pelo mesmo La Niña, os serviços meteorológicos sinalizaram que haverá precipitações nos próximos dias.

Fonte: Valor Econômico

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio