Sistema FAEP/SENAR-PR
FAEP: financiamento para cana-de-açúcar e exportações

FAEP: financiamento para cana-de-açúcar e exportações

FAEP reivindica financiamento para cana-de-açúcar 
 
Diante da necessidade de garantir o abastecimento de etanol, o presidente do Sistema FAEP, Ágide Meneguette, encaminhou na quinta-feira (29) ofício à presidente Dilma Rousseff, com cópia à ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, solicitando a criação de uma linha de financiamento no Banco do Brasil para a produção de cana-de-açúcar com recursos oriundos dos depósitos compulsórios no Banco Central. Esses recursos somam atualmente cerca de R$ 400 bilhões pelo prazo de seis anos, que corresponde à vida útil econômica de uma lavoura com 18 meses de carência, tempo necessário para o primeiro corte, a juros da Caderneta de Poupança.  “O limite de financiamento poderia ser o de 25% do total da área de lavoura e a garantia o penhor das safras com contratos de venda de álcool e açúcar”, mostra o ofício.
 
FAEP solicita linha de crédito para financiar empresas exportadoras brasileiras
 

O presidente do Sistema FAEP, Ágide Meneguette, encaminhou ainda ofício ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ministério da Fazenda, presidência e vice-presidência do Banco Brasil, propondo ao Banco Central do Brasil a criação de uma linha especial de crédito para financiar empresas exportadoras brasileiras com taxas de juros de 1,35% ao ano, como vinha sendo praticadas no início de setembro. Segundo ele, o custo do crédito para exportação às empresas brasileiras mais do que dobrou nos últimos dias com a saída dos bancos europeus, que reduziram drasticamente suas linhas de crédito com esta finalidade.    

De acordo com notícias de agencias especializadas, o custo com prazo de vencimento de um ano subiu de 1,35% para até 2,35% no início de setembro. Este aperto no crédito coincide com o aumento na procura pelos adiantamentos sobre Contratos de Adiantamentos de Cambio (ACC), que neste ano até setembro, já chegou a U$ 38,8 bilhões e a participação dos bancos europeus neste montante atinge de 30% a 40%, conforme o Bacen.                           

O pedido da FAEP preservará a competitividade das companhias nacionais, no momento em que as taxas de cambio estão em patamares mais favoráveis, inibindo as especulações infundadas dos bancos americanos.
 

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio