Sistema FAEP/SENAR-PR

MANDIOCA: Com oferta reduzida, preços da raiz se elevam

Segundo CEPEA, entre 5 e 9 de setembro, o preço médio a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 370,38 (R$ 0,6441 por grama de amido), alta de 1,2% com relação ao período anterior

Chuvas na última semana em parte das regiões acompanhadas pelo Cepea e o feriado do dia 7 (Dia da Independência) impediram o avanço da colheita de raiz, o que reduziu a oferta de mandioca e, consequentemente, a quantidade de matéria-prima processada na indústria de fécula, que caiu 9,7% no período. Conforme pesquisadores do Cepea, outro motivo para a oferta reduzida do produto é a menor disponibilidade de lavouras de mandioca de segundo ciclo, concentradas com poucos produtores que seguem postergando a comercialização na expectativa de altas nos próximos meses. Assim, entre 5 e 9 de setembro, o preço médio a prazo para a tonelada de mandioca posta fecularia foi de R$ 370,38 (R$ 0,6441 por grama de amido), alta de 1,2% com relação ao período anterior. O aumento não foi expressivo devido à baixa liquidez nos mercados de fécula e de farinha, que estabilizou a demanda industrial.

Fonte: Cepea

André Amorim

Jornalista desde 2002 com passagem por blog, jornal impresso, revistas, e assessoria política e institucional. Desde 2013 acompanhando de perto o agronegócio paranaense, mais recentemente como host habitual do podcast Boletim no Rádio.

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • IMG_7804
  • IMG_7797
  • IMG_7803
  • IMG_7790
  • IMG_7793
  • IMG_7787
  • IMG_7775
  • IMG_7783
  • IMG_7771

Boletim no Rádio