Sistema FAEP/SENAR-PR

Mercado Lácteo

A Federação da Agricultura do Paraná (FAEP) deverá enviar ao governo federal, às bancadas da Câmara e do Senado e a toda classe política nos âmbitos estaduais e municipais o documento elaborado por produtores, trabalhadores rurais e indústria do leite do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Defender a produção nacional e os produtores é o principal objetivo do documento.

"A cadeia produtiva do leite é a mais estratégica em relação ao aspecto sócio- econômico dos pequenos municípios, pois garante renda o ano inteiro para o pequeno produtor mantendo aquecida a economia destas cidades", argumenta Ronei Volpi, superintendente do SENAR-PR e presidente do Conseleite-PR e da Comissão de Bovinocultura de leite da FAEP.
Os estados do Sul são responsáveis por 30% da produção nacional de leite, o que corresponde a nove bilhões litros/ano. A região sul possui 310 mil produtores de leite e no Paraná foram desenvolvidas três grandes bacias leiteiras nos municípios de Castro, Toledo e Marechal Cândido Rondon – aonde os índices de produtividade por vaca chegam a 10 mil litros/ano. Estes índices se igualam aos padrões internacionais. "Mas temos que proteger e garantir a produção nas pequenas propriedades, onde a média é de 1,3 mil litros/ano/vaca, pois é essa atividade que garante renda a essas famílias", afirma Volpi.

O presidente do Conseleite-PR explica que o Brasil passou de país maior importador na década de 80 para a autossuficência e potencial fornecedor de produtos lácteos. "O volume de importações de produtos lácteos não é significativo na balança comercial brasileira, mas o impacto destas importações no setor produtivo é expressivo". O que impulsiona as importações do setor lácteo é a situação cambial que gera desequilíbrio no mercado interno. "Temos que nos pautar no exemplo na União Européia que protege a produção interna limitando e muitas vezes barrando importações", finaliza Volpi.  
    

Sistema FAEP

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.53.29
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.53
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.52
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.07
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.09
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.11
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.05
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.52.02
  • WhatsApp Image 2022-04-27 at 13.51.57

Boletim no Rádio