Sistema FAEP/SENAR-PR

Parceria entre SENAR-PR e Sedest amplia capacitação na gestão de colmeias do Poliniza Paraná

Termo de cooperação vai possibilitar a ampliação da educação ambiental por meio do projeto, contribuindo para a manutenção da biodiversidade estadual

O SENAR-PR e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest) assinaram, no dia 13, um termo de cooperação técnica para capacitar os gestores dos municípios que participam do Poliniza Paraná, projeto que visa conservar as abelhas nativas sem ferrão (ASF) e divulgar a importância do seu serviço ecossistêmico na polinização. A parceria também tem como objetivo ampliar a educação ambiental do projeto, com a distribuição de livretos educativos sobre as ASFs por meio do Programa Agrinho.

A parceria vai oferecer cursos de capacitação aos gestores fiscais dos municípios e das Unidades de Conservação Estaduais, responsáveis pela fiscalização e pelo acompanhamento do meliponário instalado em seus territórios. A capacitação vai abordar temas diversos como a biologia, a ecologia, a instalação e a sanidade das ASFs, bem como fomentar a utilização de material didático para trabalhar o tema da meliponicultura nas escolas.

Como o SENAR-PR tem uma longa experiência na capacitação de produtores rurais e de agentes públicos, com mais de 30 anos de atuação, vai disponibilizar instrutores capacitados e material didático de qualidade para os cursos de capacitação dos gestores fiscais.

“A meliponicultura tem se desenvolvido e crescido no Paraná, permitindo que muitos produtores rurais diversifiquem as atividades dentro da porteira e aumentem a renda. Como o SENAR-PR tem diversos cursos na área e instrutores atualizados, podemos contribuir para o avanço do Programa Poliniza Paraná, que estimula a instalação de colmeias de abelhas nativas sem ferrão em diversos espaços públicos”, ressalta o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

Representantes do SENAR-PR e da Sedest participaram da assinatura do termo de cooperação

Segundo o secretário da Sedest, Valdemar Bernardo Jorge, a parceria é uma forma de fortalecer o Projeto Poliniza Paraná, que é uma iniciativa pioneira e inovadora, que visa recuperar as populações de ASFs, que são responsáveis pela polinização de cerca de 90% da Mata Atlântica, bioma predominante no Estado.

“Queremos capacitar os gestores fiscais para que eles possam fiscalizar e acompanhar as colmeias, garantindo o seu bom funcionamento e a sua sustentabilidade. Além disso, essa ação é fundamental para ampliar o projeto para outros municípios e unidades de conservação do Estado, levando o Poliniza Paraná para mais lugares e beneficiando mais pessoas”, afirma Bernardo Jorge.

Para que as colmeias do meliponário possam permanecer saudáveis e íntegras, é fundamental que seus gestores tenham conhecimento técnico para o manejo adequado e para o trabalho pedagógico com a população.

Sobre o Poliniza Paraná

O projeto Poliniza Paraná foi lançado em janeiro de 2022, seguindo o exemplo dos Jardins de Mel de Curitiba, e utiliza sete espécies de ASF: Guaraipo, Jataí, Mandaçaia, Mirim, Manduri, Tubuna e Iraí. Até o momento, 52 municípios e 10 Unidades de Conservação receberam as colmeias.

O projeto busca reintroduzir os polinizadores nativos em seus locais de origem, contribuindo para a reposição das populações de ASFs na natureza e para a manutenção da biodiversidade paranaense. Além disso, a iniciativa visa sensibilizar a sociedade sobre a consciência ecossistêmica e a compreensão do funcionamento harmonioso da natureza, por meio de ações de educação ambiental com a população paranaense.

Veja mais notícias:

Imprensa

Composto por jornalistas e diagramadores, o Departamento de Comunicação do Sistema FAEP/SENAR-PR desenvolve a divulgação das ações da entidade. Entre suas tarefas, uma é o relacionamento com a imprensa, incluindo a do setor agropecuário e também os veículos

Comentar

Boletim no Rádio

Galeria | Flickr

  • IMG_7804
  • IMG_7797
  • IMG_7803
  • IMG_7790
  • IMG_7793
  • IMG_7787
  • IMG_7775
  • IMG_7783
  • IMG_7771

Boletim no Rádio